Uniprime Oeste Paulista
Internet Banking
Conheça a Cooperativa

Gerenciamento de Riscos

RESOLUÇÃO CMN Nº 4.557/17 – GERENCIAMENTO DE RISCOS E GERENCIAMENTO DE CAPITAL

A Uniprime Oeste Paulistase enquadra no segmento 5 (S5) conforme definido na Resolução n° 4.557/2017, que é composto pelas instituições de porte inferior a 0,1% (um décimo por cento) do PIB e utiliza metodologia facultativa simplificada para apuração dos requerimentos mínimos de Patrimônio de Referência (PR).

Em cumprimento à Resolução nº 4.557/17, artigo 56, do Conselho Monetário Nacional, divulgamos resumo da descrição das estruturas de gerenciamento de riscos e de gerenciamento de capital:

 

A)  RISCO OPERACIONAL

O gerenciamento do risco operacional é fundamentado na Resolução n° 4.557/2017, conforme definido no artigo 32 e se baseia em política integrada de riscos, manual, registro de controle de perdas mensal, mapeando as estatísticas das perdas operacionais, questionário semestral com a avaliação dos processos de cada departamento e sua efetividade, banco de dados do histórico de perdas e por meio de relatório semestral.

 

B)RISCO DE MERCADO

O gerenciamento do risco de mercado é fundamentado na Resolução n° 4.557/2017, conforme definido no artigo 25, através de política integrada de riscos, manual, acompanhamento mensal da carteira de investimentos em fundos (banking) que resulta da centralização financeira, acompanhamento mensal dos limites de compensação e relatório semestral.

 

C)RISCO DE CRÉDITO

O gerenciamento do risco de crédito é fundamentado na Resolução n° 4.557/2017, conforme definido no artigo 21, através de política integrada de riscos, manual, acompanhamento mensal das operações enviadas para prejuízo, verificação mensal da concentração dos 10 maiores tomadores, concentração do maior devedor individual em relação ao PR, acompanhamento da provisão, teste de estresse e teste de estresse reverso das provisões, verificação mensal da concentração de ativos problemáticos com atraso superior a 90 dias, acompanhamento mensal do índice de inadimplência e relatório semestral.

 

D)RISCO DE LIQUIDEZ

O gerenciamento do risco de liquidez é fundamentado na Resolução n° 4.557/2017, conforme definido no artigo 37, através de política integrada de riscos, manual, relatório de descasamento de prazos, fluxo de caixa, cálculo mensal da liquidez imediata, acompanhamento mensal dos depósitos, verificação mensal dos limites de compensação, limite de liquidez e relatório semestral.

 

E)  GERENCIAMENTO DE CAPITAL

O gerenciamento de capital é fundamentado na Resolução n° 4.557/2017, conforme definido no artigo 39, através de política integrada de riscos, manual, monitoramento dos limites mínimos do Patrimônio de Referência e Índice de Basiléia – DLO, acompanhamento mensal da admissão e demissão de cooperados e relatório semestral.

 

F)  RISCO SOCIOAMBIENTAL

O gerenciamento do risco socioambiental é fundamentado na Resolução n° 4.327/2014, com ênfase no artigo 6° inciso VI da Resolução n° 4.557/2017, através de declaração de regularidade ambiental emitida na concessão do crédito.

A estrutura simplificada do segmento 5 (S5) visa identificar, mensurar, avaliar, monitorar, reportar, controlar, e mitigar os riscos a que a instituição está exposta de maneira relevante.

O gestor de risco mantém arquivados os relatórios em cumprimento da política e procedimentos, que ficam à disposição para apreciação e verificação da auditoria interna e, também, para supervisão do Banco Central do Brasil ou quando solicitado.

Voltar