Uniprime Oeste Paulista
Internet Banking
Informações e Novidades

RDC: uma opção mais vantajosa de investimento

RDC: uma opção mais vantajosa de investimento
Liquidez diária, menos taxas e mais remuneração são alguns destaques da aplicação

Quem prefere investir com mais segurança, muitas vezes, opta por aplicações de renda fixa (modalidade que tem resultados e/ou condições preestabelecidas). Entre os investimentos desse tipo, já são famosos os títulos do Tesouro Direto, as letras de crédito e os CDBs (Certificados de Depósito Bancário). Agora, o que muita gente não sabe é que o RDC é uma aplicação de renda fixa que pode ser muito mais vantajosa.

RDC significa Recibo de Depósito Cooperativo. O funcionamento dessa aplicação é similar ao de um RDB (Recibo de Depósito Bancário). Ou seja, a liquidez é diária (você pode resgatar o valor a qualquer momento) e os resultados podem ser pré ou pós-fixados (estabelecidos anteriormente ou aliados a uma referência como o CDI).

A maior diferença entre o RDB e o RDC é que, com o primeiro, você empresta o dinheiro aplicado a um banco (que lhe paga juros por isso) e com o RDC, você investe em uma cooperativa financeira. Aliás, as vantagens do RDC estão justamente relacionadas ao cooperativismo. Confira a seguir.


Investimento em cooperativas: menos taxas e mais remuneração

À primeira vista, as cooperativas financeiras (também chamadas de cooperativas de crédito) são bastante parecidas com os bancos comuns, já que oferecem produtos e serviços financeiros similares, como contas, cartões, aplicações, financiamentos, etc. Só que as cooperativas funcionam sob princípios diferentes.

Para começar, as cooperativas não têm fins lucrativos. Por isso, comparando taxas de juros de bancos e cooperativas fica fácil perceber que as cooperativas cobram menos.

E como não visam ao lucro, as cooperativas também podem remunerar melhor os investimentos de seus associados. Ou seja, investindo em uma cooperativa, você pode pagar menos e ganhar mais. E o RDC é uma das melhores opções para isso.


Cooperativas distribuem sobras

Outra grande diferença entre bancos comuns e cooperativas de crédito são os associados. Os bancos de varejo são controlados por grupos de acionistas, que embolsam os lucros da instituição. Já nas cooperativas, os cooperados são associados da entidade, com participação democrática nas decisões e nos resultados da cooperativa.

Quer dizer, para fazer um investimento em RDC, você precisa se associar a uma cooperativa (assim como precisaria abrir uma conta em um banco ou corretora em que quisesse investir). Só que em uma cooperativa, você adquire uma cota parte, para participar como associado (não será somente um cliente) e, a partir daí, tem o direito a voto igualitário nas Assembleias Gerais e a receber sobras, caso a cooperativa tenha resultados positivos.

Então, quem opta por associar-se a uma cooperativa para investir em um RDC, além de contar com os lucros dessa aplicação, pode ganhar ainda mais, com as sobras distribuídas pela instituição.


Investimentos com a garantia do FGCoop

Quem investe em um banco comum conta com a proteção do FGC (Fundo Garantidor do Crédito) de até R$ 250 mil por CPF. Similarmente, quem aplica recursos em uma cooperativa financeira tem a proteção do FGCoop (Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito) que afiança o mesmo valor (R$ 250 mil) a depositantes e investidores de cooperativas associadas ao Fundo.

Ou seja, investir em uma cooperativa pode ser tão seguro quanto investir em um banco tradicional, sendo que em uma cooperativa, como vimos, você pode ter resultados ainda melhores. Em todo caso, a dica é buscar uma instituição sólida, associada ao FGCoop e com um bom histórico, para garantir que você possa investir seu dinheiro com mais vantagens.


Investir em RDC é investir no cooperativismo

Se ao investir em um CDB ou em um RDB, você empresta dinheiro ao banco, ao aplicar seu dinheiro em um RDC, você faz o mesmo por uma cooperativa (recebendo os juros, em todo caso). A questão é que, com um Recibo de Depósito Cooperativo, além de ser remunerado, você apoia o cooperativismo, um modelo socioeconômico alternativo, democrático e que prioriza o benefício de todos (dos associados e das comunidades), não apenas de um grupo de acionistas. Ou seja, investir em RDC pode ser uma opção mais vantajosa para você e para todos.

Fonte: https://www.oseudinheirovalemais.com.br/rdc-uma-opcao-mais-vantajosa-de-investimento/

Voltar
Últimas Notícias
A partir de março, dólar do cartão de crédito passa a ser do dia da compra

Até então, a cotação da moeda americana usada era a do dia do fecha...